Descobrir o Médio Oriente com a Lufthansa

A Lufthansa tem a decorrer uma promoção de passagens aéreas para diversos destinos no Médio Oriente.

As tarifas económicas anunciadas começam nos 299 euros, para viagens de ida e volta, e com partidas de Lisboa e Porto.

Dos destinos incluídos nesta campanha constam Telavive (Israel), Beirute (Líbano), Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos), Amã (Jordânia) e Muscat (Oman). Os preços das tarifas variam entre 299 e 399 euros com todas as taxas incluídas.

Esta campanha é válida para partidas entre 15 de Janeiro e 15 de Março e regressos até 16 de Junho. A estadia mínima é de seis dias e a permanência máxima é de três meses. As tarifas mais baratas encontram-se sujeitas à disponibilidade de lugares nos dias e voos pretendidos.

Voos Lufthansa

Voos Lufthansa

Entre as ofertas existentes o grande destaque vai para Telavive com preços a partir de 299 euros. Um valor bastante competitivo que é muito raro encontrar. Neste momento, se pretende viajar entre Portugal e Israel esta é a melhor opção do mercado.

Os voos saem de Lisboa e Porto e fazem escala no aeroporto de Frankfurt, um dos maiores da Europa. O tempo médio de viagem com escalas varia entre 8 e 10 horas.

A cidade de Telavive é uma das mais importantes e cosmopolitas de Israel. É uma metrópole recente que foi fundada há cerca de 100 anos. A cidade oferece um pouco de tudo. Deste zonas históricas a aéreas reabilitadas até áreas de grandes empreendimentos habitacionais e de escritórios.

Uma visita a Telavive pode começar pelo Porto Velho (Old Jaffa) uma das áreas mais pitorescas da cidade, com uma atmosfera única, onde é possível encontrar restaurantes, pequenas lojas, galerias, museus e mercados.

A chamada Cidade Branca é outro dos lugares a visitar. Trata-se de um bairro que reúne a maior concentração de edifícios de estilo Bahaus do mundo, tendo sido designado como Património Mundial da Unesco em 2003.

Aproveite esta nova campanha de ofertas na Lufthansa e viaje para vários destinos no Médio Oriente a preços baixos.

Comments are closed.