Escapadinhas Low Cost em Bruxelas e Eindhoven

Com os voos baratos da Ryanair é possível fazer escapadinhas low cost um pouco por toda a Europa. Bruxelas (Bélgica) e Eindhoven (Holanda) são duas propostas para umas férias de fim-de-semana nos Países Baixos.

A proposta está a ser divulgada pela agência de viagens Cosmos e inclui voos low cost na Ryanair e alojamento durante duas noites no destino escolhido.

A grande vantagem desta oferta é que é um pacote de férias que inclui também alojamento. O programa de escapadinha na capital belga está a ser comercializada a partir de 196 euros, por pessoa, e inclui duas noites de estadia com pequeno-almoço e voos da Ryanair com saída do Porto.

Bruxelas é um excelente destino para fazer umas mini-férias. Um fim-de-semana é suficiente para conhecer as principais atrações turísticas. Os passeios a pé são a melhor forma de descobrir a cidade.

Escapadinhas Low Cost em Bruxelas

Escapadinhas Low Cost em Bruxelas

A Grand Place, o principal cartão de visita e o centro nevrálgico de Bruxelas. Esta praça é considerada como uma das mais belas da Europa com os seus edifícios imponentes com mais de 300 anos de existência. O Manneken Pis, o Palácio Real e o edifício da Bolsa são outros lugares emblemáticos a visitar no centro da cidade.

O Atomium é outra das imagens de marca e um símbolo de Bruxelas que merece uma visita. Para visitar esta imponente obra arquitectónica tem de apanhar o metro (linha 6) em direçãoo a Roi Baudouin-Koning Boudewijn e sair na estação de Heysel-Heizel.

Estando em Bruxelas pode ainda viajar de comboio para a pitoresca cidade de Bruges, a apenas duas horas de viagem.

Para Eindhoven, o pacote de viagem tem um preço de 157 euros, também com voos e estadia incluídos. Nesta cidade holandesa destaca-se a arquitectura de traços futuristas e design industrial como por o exemplo a Witte Dame e o Evoluon.

Os pacotes de escapadinhas podem ser reservados aos balcões da agência Cosmos. Conheça ainda outras ofertas de viagens baratas para Bruxelas.

Comments are closed.