Guia de Viagem para Milão e Lago Como

Milão é o centro financeiro e comercial de Itália e uma das referências mundiais nos domínios da moda e do design.

A cidade, capital da região da Lombardia, não é de fácil definição nem é consensual. É uma cidade multifacetada com várias dimensões e que é amada por muitos e odiada por uns quantos.

Na opinião de muitos forasteiros, Milão é “demasiado urbana” sem tempo para desfrutar da verdadeira essência de uma cidade. As ruas têm um movimento frenético, com movimentos incessantes de pessoas, motas e automóveis um pouco por todo o lado.

No entanto, se olharmos mais de perto e nos abstrairmos da agitação, encontramos uma cidade que também tem o seu charme e alguns lugares que ainda preservam a identidade e a História da cidade.

Quando Ir

Genericamente, Milão pode ser visitada em qualquer época do ano. A visita depende muito das preferências de cada um.

Nos meses de julho e agosto as temperaturas são elevadas e a afluência de turistas é maior. Se gosta de compras aproveite esta época do ano para aproveitar os saldos e as promoções das lojas.

Os meses de abril, maio, junho e setembro são porventura a época ideal para visitar Milão. As temperaturas são mais amenas e as atividades ao ar livre são muito recomendadas.

O Outono é a época do ano em que chove mais. Já nos meses de Inverno, os termómetros podem chegar a valores negativos. Saiba mais sobre o clima de Milão para planear a sua viagem.

Onde Ficar

Em Milão encontra uma grande oferta de hotéis, desde os mais luxuosos aos mais económicos, bem como estabelecimentos do tipo bed & breakfast e hostels.

Para ficar mais próximo do centro e das principais atrações turísticas escolha o bairro de Brera, junto à Catedral. Se estiver à procura de alojamento a preços mais económicos sugerimos que opte pelos hotéis da avenida Corso Buenos Aires e nas proximidades da estação central de Milão.

Para encontrar as melhores ofertas e os preços mais baixos é essencial fazer a reserva com antecedência.

No portal de reservas Booking.com encontra uma lista completa de hotéis em Milão de acordo com diversos critérios.

O Que Ver e Fazer em Milão

Catedral de Milão

A Catedral de Milão (Duomo di Milano) é o principal bilhete-postal da cidade. A imponente catedral é considerada como a terceira mais importante do mundo, a seguir à Basílica de São Pedro, em Roma, e à Catedral de Sevilha.

A igreja começou a ser construída em finais do século XIV e foi finalizada apenas cinco séculos depois. A arquitetura de estilo gótico distingue-se pelos pilares, os vitrais e a nave central.

A entrada na Catedral é gratuita. As visitas podem ser feitas das 7h às 19h. Uma das visitas que recomendamos é a subida até ao topo da Catedral para apreciar uma das mais belas vistas de Milão. A subida é paga e custa 7 € se for pelas escadas e 12 € pelo elevador.

Viagens a Milão

Catedral de Milão

Galeria Vittorio Emanuele II

Ao lado da Catedral encontra a Galeria Vittorio Emanuele II concebida pelo arquiteto Guiseppe Mengoni entre 1865 e 1877.

O interior é composto por lojas de luxo, restaurantes, livrarias e cafés. O Savini é um dos pontos de paragem obrigatória.

Piazza del Duomo

A Catedral está situada na Piazza del Duomo, o coração da cidade, um dos locais mais movimentados de Milão. Em redor da praça encontra vários restaurantes, cafés e lojas.

Panorâmicas da principal praça de Milão

Vista da Piazza Duomo

Castelo Sforzesco

Um dos principais pontos turísticos de Milão está localizado na Piazza Castello, uma fortaleza construída na segunda metade do século XIV, que reúne uma ampla coleção de obras-primas da pintura e escultura mundial como a Pietà Rondanini de Michelangelo, presente no Museu de Arte Antiga, e diversas obras de Tiziano, Tintoretto e Mantegna.

O Castelo Sforzesco está aberto das 7h às 18h e a entrada é grátis. Os museus estão abertos de terça-feira a domingo das 9h às 17h30. os bilhetes custam 3 €.

Para chegar a este local utilize a rede de metro, nomeadamente a linha 1 (vermelha) e linha 2 (verde) e saia na estação Cadorna.

Teatro Alla Scala

Construído em finais do século XVIII, o Teatro Alla Scala, é considerado uma das maiores salas de espetáculos de Itália com uma capacidade para mais de 2000 espectadores.

O site do teatro disponibiliza informações sobre os programas da temporada, preços dos bilhetes, bem como detalhes para solicitar uma visita guiada.

Visita ao Lago Como a partir de Milão

Visita de dia inteiro ao Lago Como

Vista do Lago Como

A cidade de Como fica localizada a cerca de 50 quilómetros de distância de Milão.

A melhor opção para viajar entre Milão e o Lago Como é de comboio, o qual faz a ligação em cerca de uma hora. O bilhete custa 4,60€.

Os comboios da Trenord saem da estação Cadorno localizada nas proximidades do Castelo Sforzesco.

É importante ressalvar que Como possui 4 estações de comboio. Para sair no Lago deve descer na última paragem designada por Como Nord Lago.

No Lago Como, na fronteira entre a Itália e a Suíça, aproveite para passear a pé nas margens do lago, no centro histórico da cidade, ou fazer passeios de barco com passagem pelas famosas Villa D’Este e Villa Erba. (Mais informações sobre horários e preços).

Outra das atividades a não perder é subir no teleférico e apreciar as vistas deslumbrantes sobre o lago e as paisagens montanhosas em redor.

Comentar