Novas Rotas Low Cost a partir de Portugal

As companhias aéreas low cost, a operar em Portugal, anunciaram novas rotas a partir dos aeroportos de Lisboa, Porto e Faro, para destinos na Alemanha, Espanha, Marrocos, Itália, França, Holanda, e Reino Unido.

A Easyjet acabou de iniciar a rota entre Lisboa e Barcelona, depois de ter inaugurado recentemente as ligações para Toulouse (França) e Edimburgo (Escócia). Com este novo destino, a low cost britânica, passa a disponibilizar 16 rotas a partir do aeroporto de Lisboa.

Os voos para a capital da Escócia são uma excelente novidade que vale a pena aproveitar. Com esta nova ligação aérea, Portugal passa a ter finalmente um voo direto para a Escócia. É caso para dizer que já não era sem tempo.

Em Edimburgo, o Castelo e o centro histórico são alguns dos pontos de visita obrigatório. A partir desta cidade pode ainda facilmente conhecer outras cidades escocesas como Glasgow, Aberdeen e Inverness.

Novas ofertas low cost a partir de Portugal

Voos Low Cost

Os voos entre Lisboa e Barcelona têm uma frequência diária com tarifas desde 17,99 euros por segmento de voo, competindo directamente com as companhias aéreas TAP e Iberia que também disponibilizam esta ligação, mas a preços ligeiramente superiores.

A Sul, a Easyjet passará a oferecer mais uma rota a partir de Faro em direcção a Belfast (Irlanda do Norte) com dois voos por semana (terças e sábados), desde 18,99 euros (ida). A partir do Algarve a low cost Ryanair também apresenta novidades com o início das operações para o aeroporto de Gatwick, em Londres, desde 19,99 euros.

A Norte, a Ryanair aumenta o número de destinos, a partir do Porto, passando a disponibilizar voos para Barcelona (El Prat), Rodez, Londres (Gatwick), Bolonha, Maastricht, Marraquexe, Munique West (Memmingem) e Valência. As tarifas variam entre 7 e 21,99 euros por trajecto.

Os novos destinos já fazem parte dos sistemas de reservas das companhias aéreas, pelo que já pode fazer as compras dos bilhetes de avião nos sites respetivos.

Comments are closed.