Guia Low Cost para Visitar Veneza – O Que Ver e Fazer

Considerada por muitos viajantes com uma das mais belas cidades de Itália, Veneza é um dos principais destinos turísticos do país.

Conheça algumas dicas sobre o que ver e fazer neste destino com um guia para ajudar a planear a sua viagem numa das cidades mais românticas do mundo.

Veneza é uma cidade bela e de grande encantamento, mas também é uma cidade cara, onde os preços dos hotéis, restaurantes e café estão inflacionados.

Mas é Itália. É Veneza e a carteira dos turistas tem de estar preparada para isso.

No entanto, é possível fazer um roteiro turístico pela cidade sem gastar muito dinheiro. a seguir deixamos algumas dicas para fazer visitas gratuitas, assim como os melhores locais para degustar uma excelente refeição italiana sem gastar muito dinheiro.

O Que Ver – Atrações Grátis

Praça de São Marcos
A Praça de São Marcos (Piazza san Marco) é um dos principais bilhetes postais de Veneza. É aqui que encontra os cafés mais tradicionais e também onde paga mais por um simples café.

Este local pode ser o ponto de partida para uma visita à cidade. Em redor encontra o Palácio Ducal, também conhecido pelo Palácio do Doge, um dos símbolos do estilo gótico-veneziano da cidade, o Campanário da Basílica, a Torre do Relógio e a Casa da Moeda.

É aqui que encontra também o Caffé Florian, um dos mais tradicionais e antigos de Itália, cuja origem remonta ao inicio do século 18.

A Praça de São Marcos é um dos lugares mais emblemáticos de Veneza e a presença de turistas é constante durante praticamente todo o dia. Para sentir a magia deste espaço, e observar em pormenor todos os detalhes, visite a praça logo pela manhã bem cedo ou ao final do dia.

Viagem a Veneza - Basilica São Marcos

Vista da Torre e Basílica de São Marcos

Basílica de São Marcos e Campanário
É uma das igrejas mais famosas de Itália e um ótimo exemplo de arquitetura Bizantina. Está localizada na Praça de São Marcos ao lado do Palácio Ducal.

A entrada é gratuita. Para visitar o Tesouro e o Museu paga-se 5 euros.

As Pontes de Veneza
As pontes são outro dos símbolos da cidade. A ponte de Rialto, sobre o Grande Canal, é uma das mais afamadas e fotografadas pelos turistas.

A Ponte dos Suspiros que liga o Palácio Ucal às Prigioni Nove é outro dos lugares emblemáticos de Veneza e uma atração turística de visita obrigatória.

A Ponte dos Descalços (Ponte degli Scalzi) é outra das pontes que atravessa o Grande Canal tendo sido construída nos anos 30 do século passado.

Guia de Viagem Veneza - Ponte de Rialto

Ponte de Rialto

Viagens de Vaporetto
O principal meio de transporte em Veneza é o Vaporetto. Para chegar a outros pontos turísticos como as ilhas de Murano é necessário utilizar este tipo de transporte.

Para sentir a verdadeira essência de Veneza experimente viajar nesta embarcação típica. Afinal de contas é uma experiência que apenas pode ter aqui.

O bilhete é caro. São 6 euros. Talvez a melhor opção seja adquirir um pacote válido paras 12, 24 ou 36 horas. Por exemplo um passe de 24 horas fica por 20 euros ou 48 horas por 30 euros. A vantagem é que este tipo de bilhete também pode ser utilizado nos autocarros da cidade.

Com este passe use e abuse das viagens. Faça uma viagem pelo Grande Canal e veja a cidade de uma outra perspectiva e aproveite para tirar muitas fotografias.

Ilhas de Murano
Se ficar mais de dois dias em Veneza não deixe de visitar as ilhas de Murano conhecidas pela produção de peças em vidro e cristal. Aqui encontra várias lojas que vendem o autêntico cristal de Murano a preços mais baixos do que nas lojas do centro da cidade.

Se tiver sorte ainda poderá assistir à produção das peças, onde os artesãos moldam as peças com a técnica do sopro. Para visitar as ilhas de Murano utilize os vaporetto (números 12, 13, 41 e 42).

Passeio de Gôndola
Um passeio de gôndola está no imaginário de muitas pessoas. É uma imagem indissociável de Veneza.

Fazer um passeio deste tipo é uma oportunidade única e imperdível. No entanto é algo que sai muito caro. Uma viagem de gôndola poderá custar entre 80 e 120 euros dependendo do trajeto escolhido. O limite máximo é de 4 pessoas, o que significa que no mínimo pagará 20 euros por pessoa.

Onde Comer Barato

Veneza é avassaladora enquanto destino turístico com muitos locais de grande interesse histórico e cultural. E a hora das refeições também pode ser avassaladora para as carteiras. É que comer em Veneza não é propriamente barato. Claro que existem muitos locais a preços convidativos, mas a qualidade da comida deixa muito a desejar.

A verdade é que os restaurantes que servem uma gastronomia de eleição apresentam preços que ultrapassam os 50 euros por pessoa. Um valor que, obviamente, não é para todos os bolsos.

No entanto, para experimentar a típica comida veneziana não tem de necessariamente pagar muito. Uma boa forma de experimentar alguns pratos típicos é optar pelas Osterias que servem os cicchetti (espécie de tapas). Croquetes, peixe frito, pasta de bacalhau cozido em leite, crostini com o bacalhau mantecato, sardinhas com cebola e regadas com vinagre, pinhões e passas (sarde in saor) são algumas das delicias que pode provar. Os preços variam entre 1,5€ e 2€.

Aqui ficam alguns locais onde pode experimentar estes petiscos:

Osteria Alla Staffa – Castello Calle Ospedale
Un Mondo di Vino – Canareggio 5984/A
Osteria La Patatina – San Polo 2741
Osteria Al Ponte – Cannaregio 6378

Visite Veneza e conheça um destino único com os seus belos edifícios e conjuntos arquitectónicos com influências de vários estilos e culturas que se perpetuaram no tempo até hoje.

Mais Viagens em Itália

Guia de Viagens Low Cost para Pisa e Florença
Escapadinhas nas Cidades de Itália
Voos Low Cost para Roma e Milão

Comments are closed.