Voos Low Cost na Ryanair – Viagens em Outubro e Novembro

Os voos low cost na Ryanair são uma excelente opção para viajar pela Europa a preços baixos. Neste momento está no ar uma promoção com preços a partir de 14,99 € por trajeto. A oferta é válida para compras até segunda-feira à meia-noite para viajar em outubro e novembro.

A companhia aérea de voos low cost é uma boa opção para viajar barato a partir dos aeroportos do Porto e de Faro. A malha aérea têm algumas destinos interessantes para visitar e outros nem por isso. De qualquer forma, quando se conseguem comprar os bilhetes mais baratos não deixa de ser uma excelente oportunidade para fazer uma escapadinha gastando pouco dinheiro.

Olhando para a promoção em vigor, verificamos que as tarifas ao preço mínimo anunciado podem ser encontrados entre o Porto e os aeroportos de Faro, Madrid, Palma de Maiorca, e Valência. São 4 destinos interessantes para conhecer ou voltar a visitar a preços baixos.

Voos Low Cost na Ryanair

Voos Low Cost na Ryanair

No que se refere aos restantes destinos destacamos os voos para Barcelona, Milão, e Paris, por 29 €, Hamburgo por 31 €, Londres por 39 € e Tenerife desde 51 €.

Na reserva dos voos baratos na Ryanair é preciso estar atento às taxas adicionais e cumprir todos os requisitos divulgados pela companhia aérea, por forma a não termos surpresas desagradáveis na hora de embarcar.

Assim, no momento da compra verifiquem todos os elementos da reserva várias vezes, principalmente o nome e o apelido, pois a taxa de mudança de nome tem o custo exorbitante de 110 € (!). Outra questão a ter em conta é não se esquecerem do cartão de embarque, pois no aeroporto a reemissão do cartão custa 70 € (!), ou seja, este tipo de taxas podem encarecer em muito o preço final da viagem.

Se puderem comprem também os bilhetes de avião com o cartão de débito, pois os cartões de crédito têm um custo adicional de 2% do valor da transação.

Para reservas dos voos baratos low cost na Ryanair consulte o site ryanair.com/pt. Conheça ainda as últimas promoções das companhias aéreas.

Comentar